×

blog

08/08/2019 12:08

O Check-list de COITADISMO

Quantos pontos se aplicam a você nesse momento?

- Você se sente preso pelas suas circunstâncias.

- Você sente que não tem qualquer controle sobre suas circunstâncias atuais.

- Você não ouve quando outros lhe dizem, direta ou indiretamente, que eles pensam que você poderia ter feito melhor.

- Você está culpando os outros e apontando os dedos.

- Suas discussões de problemas se concentram no que você pode fazer, ao invés do que você pode fazer.

- Você não consegue enfrentar as questões difíceis que você enfrenta.

- Você encontra-se sendo procurado por outros para que eles possam dizer o que alguém fez para eles desta vez.

- Você resiste a fazer sondagens sobre sua própria responsabilidade.

- Você sente que é tratado injustamente e não acha que pode fazer nada a respeito.

- Você se encontra repetidamente em uma postura defensiva.

- Você gasta muito tempo falando sobre coisas que não pode mudar (por exemplo, seu chefe, acionistas, o desempenho da economia, regulamentações governamentais).

- Você cita sua confusão como uma razão para não agir.

- Você evita as pessoas, as reuniões e as situações que exigem que você informe sobre suas responsabilidades.

- Você se vê dizendo: "Não é meu trabalho." "Não há nada que eu possa fazer sobre isso." - Alguém deveria contar a ele. "Tudo o que podemos fazer é esperar e ver." "Apenas me diga o que você quer que eu faça." "Se fosse eu, eu faria isso de forma diferente."

- Você frequentemente desperdiça tempo e energia

- Você gasta um tempo valioso criando uma história convincente detalhando por que você não foi culpado.

- Você repetidamente conta a mesma velha história sobre como alguém se aproveitou de você.

- Você vê o mundo com uma atitude pessimista.

 

Se você detectar algum destes sinais em si mesmo, em sua equipe, família, igreja ou empresa, aja imediatamente para reconhecer essas desculpas pelo que são: impedimentos à prestação de contas e resultados. Uma vez que esse reconhecimento ocorrer, você e os outros poderão começar a entender as nuances e sutilezas do ciclo de vitimização.

 

É interessante que as pessoas tendem a permanecer nesses ciclos, porque encontram uma certa quantidade de conforto temporário. Elas pensam: "Eu não tenho que admitir que estava errado," "Ninguém precisa saber", "Eu não tenho que fazer nada diferente no futuro", e "Eu posso justificar a minha falta de desempenho".

 

Porém, uma coisa está clara. Por qualquer motivo que a pessoa permaneça no ciclo de vitimização, o conforto é ilusório.

 

Se você quiser sair dessa miséria auto-imposta, venha aprender. Temos uma estrutura excelente para te apoiar. Nosso curso online, 5 Pedrinhas para Derrubar o Gigante, tem ajudado mais de mil pessoas em dois anos a enxergarem suas desculpas, batalharem pela vida mais íntegra e alcançarem resultados inspiradores.

 

Quer provas?

 

Veja centenas de depoimentos AQUI e tire suas próprias conclusões.  Então, pare de ser um miserável. Faça a sua matrícula e bora viver com abundância!

Comentar


Outras notícias
O sonho de muitos, a realidade de poucos.

Existem pessoas que alcançam excelência em suas vidas, enquanto outras ficam reclamando de como tudo é difícil. Como viver com abundância? Como fugir da vitimização? 

Leia +
Responsabilidade X Accountability: Há Diferenças?

Será que ‘ser responsável’ é o suficiente? Eu diria que não. Por mais que a responsabilidade seja central para um bom funcionamento da sua vida, ela sozinha não é o suficiente para uma excelência nem para abundância. O que, então, é necessário?

Leia +
O Milagre da Accountability

Uma amiga que acompanha meu trabalho, colocou em prática essa atitude poderosa em um dos treinamentos que deu, parte da sua função na Petrobras, colhendo resultados impressionantes. Veja o que aconteceu segundo ela:

Leia +

A nossa família online é ativa e engajada.

Eu escrevo e-mails regulares e eles colocam em prática. Quer fazer parte? Não custa nada!

×

Formulário

Você receberá o curso gratuíto em seu e-mail.